Presidente do Santa Cruz comemora acesso à Série B1: “Liderança servidora”

Reinaldo Frez pretende fazer poucas mudanças para 2018

O Santa Cruz não saiu com o título da Série B2 do Campeonato Carioca, mas obteve o inédito acesso para a Segunda Divisão Estadual, algo que pode ser comparado com uma conquista. O presidente do clube Reinaldo Heitor Filho comemora a boa temporada e afirma que pensar de forma coletiva foi o grande mérito da diretoria.
– Foi muito gratificante chegarmos à final do campeonato. Não há apenas um ingrediente para descrever essa nossa campanha, mas sim uma composição, que só se consegue com gestão e liderança. Exercer uma liderança servidora, pensando de forma coletiva foi um grande mérito nosso – afirmou o dirigente.
Elogios ao grupo
Reinaldo Heitor Filho é só elogios aos jogadores, comissão técnica e todos os funcionários do clube por terem ajudado o Santa Cruz a chegar à Segunda Divisão Estadual pela primeira vez.
– Tivemos um excelente grupo. A começar pelo capitão Patrick, que exerceu uma grande liderança dentro e fora de campo. O Milson Ferreira é um grande líder, com valores raros nos dia de hoje. Além disso, tivemos um grande trabalho do Marlon, nosso preparador físico, e do Eddy, nosso treinador de goleiros. Grandes homens e profissionais também – ressaltou.
O presidente do Santa Cruz admite que pelo primeiro turno ruim, o grupo pensou que o acesso não seria conquistado, mas que todos tiveram méritos em corrigir a rota da equipe para entrar no caminho certo.
– Até pensamos na hipótese de que não conseguiríamos subir, mas corrigimos o que era necessário ser corrigido durante a competição e graças a Deus as coisas melhoraram. É até difícil dizer quando percebemos que o acesso estava próximo, mas quando o jogo contra o Mesquita chegou ao fim, a ficha caiu – disse.
Permanência da comissão técnica é prioridade
Pensando em 2018, Reinaldo Frez afirma que deve fazer mudanças pontuais no grupo e não esconde que sua idéia é que o técnico Milson Ferreira permaneça no cargo.
– Vamos fazer o melhor que pudermos, objetivando o melhor resultado possível. Pretendemos fazer pequenos ajustes no grupo, mas manter a base. Nossa prioridade passa pela manutenção da comissão técnica – finalizou.
Com a segunda posição na Terceirona, o Santa Cruz se garantiu na Série B1 da próxima temporada e também na Copa Rio, já que os três primeiros ganham vaga.

Publicidade